Seguidores do blog... Adoro!!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Vermes, quando dar o remédio e pra quê?

O que é verminose?

Verminoses são mais comuns do que se imagina, tanto em crianças quanto adultos. Mas medidas simples, como lavar bem as mãos e os alimentos, são capazes de evitar esse problema.
Além de parasitas transmitidos por alimentos mal lavados ou carnes mal cozidas, pôr as mãos sujas na boca também pode passar vírus e bactérias causadores de diarreia, doenças respiratórias e infecções de pele.


Pra que tomar remédio contra verminose?

Os médicos destacaram que as parasitoses podem provocar desnutrição, problemas no desenvolvimento e baixo rendimento escolar. 

Devem ser tomados pelo menos vez ao ano, ou de acordo com a recomendação do médico ou do farmacêutico. Os remédios para vermes, geralmente, são vendidos em dose única, sendo eficazes contra a maior parte dos vermes. Porém, para bebês até 2 anos de idade é tomado em 2 doses.

Quando começar a tomar?

É raro antes dos 6 meses de idade. A doença aparece quando a criança tem mais contato com o ambiente e sai do aleitamento exclusivo. O verme pode estar na fruta por exemplo. 

Aqui em casa, a pediatra receitou (para as 3) após 1 ano de idade. O medicamento não foi dado em dose única. O tratamento começou com 1 frasco de 30ml (2x vezes ao dia (5ml) durante 3 dias), depois de 1 semana mais 1 frasco de 30ml (2x vezes ao dia (5ml) durante 3 dias). Talvez o xixi ou cocô possa ter uma coloração esverdeada durante o tratamento.

A presença de vermes no organismo é maléfica, pois eles podem aumentar de número e infestar órgãos importantes, inclusive o cérebro, onde provocariam alterações importantes no sistema nervoso central. Realizar um exame de fezes anualmente e tomar um remédio para vermes, anual ou semestralmente, de acordo com a ordem médica, pode ser uma boa estratégia para se proteger de complicações das verminoses.

sábado, 21 de novembro de 2015

Bolo de banana Integral

Um bolo que mesmo quando é ruim é bom, sabe?! rs

Eu já fiz umas 4 vezes, e cada vez ficou de um jeito... o primeiro ficou um pouco sovado, outro ficou seco, outro não cresceu muito e um ficou como deve ficar, embora os que não ficaram perfeitos, mesmo assim ficaram gostosos, não sobrou nada!

A receita é simples, rápida e gostosa.

Bolo de Banana Integral
Rende 1 forma média

Ingredientes

4 banana caturras (grandes) maduras
4 ovos
1/2 xícara de óleo (canola)
1/2 xícara de leite
1 xícara de trigo integral
1 xícara de chá de aveia
1 xícara de chá de açúcar mascavo
1 colher (chá) de fermento
canela para salpicar (opcional)

Modo de preparo
Bata 1 banana com os ovos, leite, o açúcar e vá acrescentando os ingredientes secos (farinha de trigo e aveia), esses 2 eu misturo bem com o fermento antes de colocar no liquidificador. Bata bem.
Corte as 3 bananas em rodelas e ponha sobre a massa, salpique com a canela e deixe no forno (pré aquecido) 180 graus por mais ou menos 25 minutos ou até que o palito saia limpo.

Esperem que gostem!




sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Sopa na panela de pressão

Sopa comidinha leve e tal, e é verdade, mas nem por isso deixa de ser nutritiva e consistente. Eu que tenho 3 meninas e penso sempre em uma jantinha saudável pra elas e sopa nem sempre dá sustância certo?! Te digo que não, vou te passar uma receita que é pra lá de saudável e sustenta a criançada até a hora de dormir ou quase (rs):
 Ingredientes: 
1 cenoura média 
1 chuchu pequeno 
1 abóbora de pescoço (paulista) pequena 
1 batata comum pequena
1 batatas salsa (baroa) 
400 gr de carne (acém) ou frango cortados em cubos 
1 xícara de arroz integral 
1 dente de alho (opcional) 
1 cebola de cabeça pequena 
sal a gosto 

Modo de preparo: 
Agora vem a parte mais chata demorada, descasque e corte em pequenos cubos todos as verduras.Tempere a carne com sal, coloque um fio de óleo de azeite de oliva na panela de pressão e doure a carne. 
Assim que a carne estiver dourada, acrescente o arroz, cebola e alho picados e refogue um pouco. Em seguida coloque água até cobrir todo o arroz e a carne, coloque as verduras e pronto. 

Feche a panela de pressão e assim que começar a pressão cozinhe por 15 a 20 minutos que é o tempo para cozinha o arroz integral. 
 Rendimento: 8 porções 

 Dica: Essa receita rende muito, então você pode aproveitar e congelar, aí tire 10 minutos antes, retire o que deseja congelar e depois cozinhe o que for consumir. Ou então, utilize a metade das quantidades. Como tem o arroz integral e carne, a sopa sustenta, além das verduras essenciais no cardápio infantil.

terça-feira, 28 de julho de 2015

No Chile com as crianças

A viagem surgiu sem pensar muito, a Aimêe tava louca para viajar de avião. Perguntamos a ela e a Maitê se preferiam praia ou neve, e a resposta foi unânime: NEVE!!

Eu e o meu marido já tínhamos ido para Bariloche, por isso decidimos conhecer um alugar diferente, e a neve com as crianças é no Chile.

Férias de julho aí vamos nós!

Tenho muita coisa pra contar, experiência que pode te ajudar na decisão de ir ou não com crianças brincar na neve! 

Então apertem os cintos e vamos lá:

Programação da viagem
O ideal seria ir fora de temporada, menos turistas e preços um pouco mais acessíveis, mas como pra gente seria melhor durante as férias da Aimêe pra não perder aula, resolvemos encarar a alta temporada de inverno no Chile.

Com o fácil acesso as passagens aéreas e hospedagens na web é fácil pesquisar pacotes, mas eu preferi fazer com a agencia de viagem que também te dá as melhores opções e ainda acho mais seguro. Fizemos as reservas de vôos, transfers e hospedagem com a agência Olimpiatur, que nos atendeu de forma excelente, recomendo.

Documentos
Para viajar na América do Sul, você precisa somente do Rg atualizado ( se for mais de 10 anos deve fazer outra identidade). Se já tiver passaporte também pode, claro, mas na Policia Federal/Alfandega foi bem tranquilo, levamos os rg de todos. Quer saber onde e como fazer seu rg clica aqui. nós fizemos assim, veja.

No aeroporto
A ansiedade das meninas não cabiam mais nelas, estavam eufóricas e felizes. Era a primeira vez que viajariam de avião. E eu que nunca tive medo de viajar, como era a primeira vez com elas, confesso que deu um frio na barriga, sabe como é mãe, sempre pensa tragédia. Como estávamos com a nossa bebê Adele, pegamos a fila de prioritário/ cuidados especiais da Gol, não esperamos nada, fomos rapidamente atendidos e logo o check in foi feito.

O embarque foi no horário e ficamos pouco tempo na sala de embarque, mas mesmo assim, levamos um pote de massinha para a Adele brincar e foi a melhor coisa que fizemos. A Adele é dessas que se a gente solta ela sai que nem um furacão e nem olha pra trás. 
Dizem que o bom da festa é a véspera, posso dizer que com a viagem também combina, que essa espera foi maravilhosa.

No avião!
A viagem é estimada em 3 horas e meia partindo de Porto Alegre. A Adele (1 ano e 4 meses) foi no meu colo, mamou e dormiu bastante... acordou na hora do lanche, brincou no ipad e quando vimos já estávamos chegando ao Chile.

A Aimêe (8 anos) e a Maitê (4 anos) amaram cada detalhe no avião, principalmente a decolagem.  A carinha delas nessa hora foi inesquecível. Comeram o lanche, foram ao banheiro, só 1 vez para minha surpresa,rs. Se comportaram lindamente e até recebemos elogios de uma passageira que sentou-se ao nosso lado.

Pra quem é viajante de primeira viagem ou gosta de admirar a paisagem, vale a pena sentar na janelinha. As meninas ficaram na janela e podemos ter o privilegio de assistir o por do sol junto as cordilheiras, no meio das nuvens, uma imagem que tirei mas que não transmite nem 1% do que realmente era, nunca vou esquecer, foi lindo!

Dica: Pote de massinha e tablet ou celular.





A escolha do hotel
Como eu pesquisei muito na internet, já tinha ideia de algumas opções e junto com a agencia de viagem eles nos passaram 3 opções e decidimos por um flat que oferecia café da manha, num local próximo ao shopping Costanera Center, estações de metro, e que é considerado um bairro seguro e limpo. Ficamos no Time Suite, em las Condes. Recomendo, ótima localização, limpo, café da manhã bem gostoso. . Ideal para que vai com crianças, assim como eu, com 3! E ainda por cima conseguia ver as cordilheiras da janela do quarto!



Roteiro
Num primeiro momento de empolgação, a neve invadia a mente, e até cogitamos em ficar no vale nevado, que é uma estação de esqui na montanha. Tem um hotel super legal para se hospedar por lá. Mas depois de botar o pé no chão, decidimos ficar em Santiago e passar 1 dia na neve.

Uma coisa é viajar com 1 criança, outra coisa com 2 e outra com 3.

Sua louca!! Ouvi muito, e realmente somos mesmo... na semana da viagem parei pra pensar e fiquei com medo de tudo, do frio, dos vôos, se ficassem doentes... enfim, frio extremo merece cuidados e assim tomamos:

Você quer brincar na neve? então se pergunte:
1- Qual a idade das crianças, são maiores de 6 anos? Porque a maioria dos brinquedos (treno, tirolesa, esqui) são para maiores de 6 anos. Claro que pode brincar sem eles, mas é pouca brincadeira pra muita preocupação. Digo isso, porque se não fosse meu marido se desdobrar em ajudar a Maitê com o Trenó (que pegamos para a Aimêe e dividimos com ela) ela ficaria sem essa opção pra brincar junto. 
2- Se for com mais de 1 criança, tem alguém bem disposto para brincar e cuidar das 2 ou 3.
3- Gostam de frio?
Essas 3 perguntas básicas já pode decidir muito.

No Chile existe 4 opções para esqui: Valle Nevado, La Parva, El Colorado e Farellones.

O mais famoso é o Valle Nevado, dizem os que esquiam que no Valle Nevado as pistas são melhores, mais altas, além de ter maior estrutura para o esporte. Também tem hotel para quem quer ficar hospedado exclusivamente para curtir a neve e esquiar. É o ponto mais alto da montanha, aí um alerta, o caminho até as estações são curvas e mais curvas, com alta altitude, podendo causar enjoo, náuseas e tonturas. Porém a vista compensa.

Farellones é a primeira estação de esqui da montanha, ela não "la mejor" para quem quer esquiar, mas é a mais agradável para brincar com as crianças. Tem opção de boias que descem numa velocidade incrível por uma pista destinada para essa brincadeira.

Enfim o dia chegou. Saímos cedo porque na temporada dizem que dá fila e demora pra chegar quando sai depois das 9h. Então saímos do hotel 7h30. Acordei elas cantando a música do Frozen: Você quer brincar na neve... Acordaram e lógico dormiram no carro até lá, rs.

É mais ou menos assim: Em Farellones tem duas partes, a estação de esqui na parte de cima da estação junto com as boias e tirolesa maior, e pouco espaço para brincar na neve propriamente dita. Na brincadeira com as boias são para maiores de 7 anos e é melhor garantir o ticket já na chegada, que o parque fecha as 17 horas. A Aimêe não quis ir, já era final de tarde e não deu muita coragem, rs. Também tem opção da Tirolesa, é bem alta e extensa, tem uma vista linda durante o trajeto, também paga a parte e tem limite de idade.
Tem a parte debaixo da estação que fica o " Parque Farellones" , foi onde ficamos a maior parte do tempo. Chegamos cedo (9h40) mais ou menos, o que foi ótimo porque ainda não tinha muita gente e tinha bastante espaço para brincar.
No Parque Farellones a entrada é de $5.000 pesos por pessoa, menor de 3 anos não paga. Dá direito ao treno para brincar na pista e mini aula de esqui. Tem bonecos de neve, tirolesa para os pequenos gratuita  e teleférico (custa aprox. $ 4.000 pesos) que liga o Parque á estação de cima que comentei.
Pra gente foi a melhor escolha porque o que elas queriam mesmo era escorregar e se jogar na neve, não muito além disso, e lá na estação tinha menos espaço para isso.

O que me decepcionou um pouco em Farellones foi a estrutura, para comer só lanche, poucas cadeiras e mesas pra muita gente, além de não ter nada coberto, somente algumas mesas com sombreiros. Por isso é melhor quando as crianças são maiores, a Adele queria brincar na neve, mas escorregava muito, até porque a bota menor pra alugar era a de nr. 22 e ela calça 19! Então complicou um pouco o equilíbrio e também não dava pra deixar ela tão exposta ao frio... levei ela na neve mas foi bem pouco. Não tinha lugar coberto, aquecido e com alguma brincadeira do tipo mesinha com pintura... não tinha nada para menores de 3 anos que precisam descansar, principalmente depois do almoço.
Enquanto o meu marido brincava com as duas, eu fiquei com a Adele direto quase que no colo, até porque dormiu bastante. Eu ficava observando elas brincarem e aí valeu a pena o esforço. O que não faltou foi " vídeo cassetada" da galera, pena que eu não estava com a máquina, rs.






Gente, deixa eu falar do teleférico, a louca aqui foi com a Adele. Olhando de longe parecia rápido e tranquilo... quando eu fui, sentei naquele teleferico só com aquela barra de proteção, alto pra caramba e longe! Demorou uma eternidade... a Maitê ficou encolhida do meu lado, a Adele queria ficar se mexendo no meu colo... fui cantado Galinha Pintadinha até chegar... Não recomendo o teleférico com crianças com menos de 4 anos. Contudo a paisagem é linda.


Na hora do almoço uns brasileiros estavam voltando do Valle Nevado dizendo que o frio tava cortante e que pra criança Farellones era a melhor opção. Pra gente foi a escolha certa.
Agora pra quem quer conhecer o ponto mais alto, esquiar e encarar mais aventura visite o Valle Nevado sim! Quem sabe numa próxima.

Roupas para a neve
Daqui já fui com o básico: calça e blusa térmica para todos além de blusa e calça polar para as meninas, essas fizeram a diferença, usaram todos os dias. Comprei na Decatlhon, valeu muito a pena. Além do gorro e protetor solar.

Sem roupa adequada/ impermeável, a brincadeira fica totalmente inviável. Saímos cedo de Santiago e alugamos roupas numa loja no pé da montanha. O traje completo (macacão, botas e luvas) saiu uns $25.000 adulto e $15.000 para as crianças.



Retornamos as 17h assim que fechou o parque, a principio pensamos em sair até as 15h, mas acabamos aproveitando um pouco mais. Valeu a pena, foi uma aventura a parte com certeza.

Tenho muitas coisas pra contar ainda do que visitamos em Santiago com as crianças. Vou contar tudo! Espero que estejam gostando das dicas.

Cenas do próximo capítulo:
















  

terça-feira, 2 de junho de 2015

Os primeiros passos

E a Adele voltava da pediatra sempre com ótima avaliação clínica,porém, o psicomotor normal, mais pra lenta, sentou com quase 8 meses... mas isso não quis dizer nada... cada um tem seu tempo... no fim foi a que andou mais rápido! Começou andando de " bunda", se segurava no sofá, foi ensaiando e em maio, no niver do papai ela andou e não parou mais, até então dava seus passinhos, caia ia de bundinha, e de repente andou direto. Eu acho linda essa fase, vontade de "amassar" andando com fralda meio cambaleando...


Agora tá que tá, anda por tudo, explora todas as gavetas e tranca os dedinhos, bate a cabeça, sobe a escada...

Agora, chegando na reta final das vacinas, semana que vem é a última com 1 ano e 3 meses, depois somente com 4 anos, ufa!!

Hoje com 1 ano e 3 meses exatamente, come bem, ainda mama no peito, talvez por isso não curte muito o leite em pó. Adora um colo, principalmente na hora que eu to fazendo almoço! Não fala quase nada mas entende tudo, é do tipo que chora sentida, que dá risada e adora música, dorme bem, bem no meio do pai e da mãe e que nesse momento não está deixando eu terminar o post porque tá mexendo só onde não deve.


Me despeço por aqui e vou dar uma frutinha pra vê se sossega!

 


terça-feira, 26 de maio de 2015

Carteira de Identidade das crianças

Fazer a Carteira de identidade das meninas foi mais fácil do que eu pensava.

Veja como tirar a identidade das crianças:

Onde fazer: Detran.
Pensei que seria demorado, mas como estava com a Adele (colo) peguei senha preferencial e fomos atendidos rápido. Aqui em Joinville, tem uma sala que é reservada para as identidades, bem na entrada á esquerda. Quando for retirar, não precisa retirar senha, é só ir ao guichê especifico.

Documentos necessários: 2 fotos 3x4, fundo branco, certidão de nascimento original e 1 cópia.

Taxa: Se é a primeira vez não tem custo, caso for 2 via tem uma taxa R$ 22,00.

Quando fomos, numa quinta de manha, chegamos lá pegamos a senha e fomos tirar as fotos, que tem na frente do Detran, as meninas estavam faceira, a Adele se comportou bem linda! Tiramos as fotos e as cópias e fomos. Chegando na sala e chamaram a nossa senha! Se fosse agendado não daria tão certo!

A Aimêe assinou e a Maitê também, achei tão fofinhas. 

A Carteira de identidade é valida em todo território nacional e países do Mercosul. 

Tudo indo muito bem até tirar as digitais... a Adele chorou desesperadamente, nos 10 dedinhos, o que será que passou pela cabecinha né?!

E como mãe coruja, achei as identidades mais lindas do mundo!



Mais informações sobre emissão da Carteira de Identidade clique aqui.


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Ella, Cinderela

Apesar de não concordar que para as princesas precisam ser orfãs para ser "tornarem princesas"de verdade... já notaram que a maioria das princesas perderam sua mãe, seu pai? Eu hein, quem disse que elas não poderiam ter se tornando grandes personagens junto com seus pais!?

Conspirações a parte, rs, ontem levei as meninas para assistir Cinderela. Na verdade fomos assistir porque sabíamos que tinha o curta do Frozen, febre congelante, que por sinal é divertido e dá vontade de ver o próximo filme das irmãs Elsa e Anna.

Por aqui o tempo estava típico de Joinville, chuvinha e tempo fresco, ótimo para ir ao cinema :) A Adele ficou com o pai e eu fui (sozinha) com a Aimêe e a Maitê. Foi muito legal ir nós 3, curti um tempo só com elas, porque na maior parte do tempo quando estou com a Adele(1 ano), minha atenção fica mais pra ela, pelo menos por enquanto.

Eu lembro que Cinderela foi a primeira animação da Disney que eu vi no cinema, então a expectativa era grande. Eu esperava uma madrasta bem pior, malvada, daquelas que dá "raiva"e a Cinderela poderia ter sido mais Cinderela se é que me entendem, hehe.

O filme é bom, e o importante foi que as meninas gostaram.






terça-feira, 21 de abril de 2015

HPV não tenho certeza

Então mães, esse assunto até se tornou polêmico...

Minha mais velha no próximo ano, com 9 anos completos "tem"que se vacinar contra o HPV que é para prevenir o câncer no colo do útero. Me considero uma pessoa informada e atualizada, porém nesse assunto não tenho certeza.

Já li artigos de pessoas entendidas na área da saúde e mesmo assim há controversas. Nessa área tem profissionais que aprovam e outros não, então ainda não é 100% ?  O que gera em mim certa insegurança e até medo de dar a vacina. Vi casos, embora que digam que são isolados, de reações assustadoras por causa da vacina. Mesmo sendo em pequenos números, ainda tem reação. Vai que uma delas é minha filha... quem garante?!

Será que um programa de prevenção abrangente nas escolas e comunidades não seria um passo importante? Campanhas com foco no HPV fazendo exames ginecológicos gratuitos para as meninas que precisam, não sei... só sei que de repente todas as meninas são obrigadas a tomar a vacina sem explicar melhor para nós mães. Acho que se realmente essa vacina é tão eficaz e importante, o ministério da saúde deve comprovar melhor, de maneira mais clara para todos.

Por essas questões, pergunto pra vocês mães, vocês se sentiram seguras na hora de vacinar suas filhas? deu alguma reação? As meninas entendem o porque da vacina?

Agradeço aos comentários.






sábado, 28 de fevereiro de 2015

Osterbaum

A páscoa aqui em casa também é uma data com vínculo religioso pra gente e aguardada pelas meninas. Sempre enfeitamos a casa com guirlanda e enfeites pela casa. E ontem conversando com umas mães sobre decoração de páscoa me motivei a fazer ou comprar uma Osterbaum.

Alguém já ouviu sobre Osterbaum? A árvore tradicional é de origem alemã, que é chamada Osterbaum,  lá eles decoram as árvores, galhos ou até mesmo robustos com ovos coloridos para dar vida nessa época do ano.


Osterbaum - Árvore da Páscoa ainda não é tão utilizada no Brasil, mas aqui em Santa Catarina já está se tornando tradição. Ano passado aqui em Joinville foi montada a Osterbaum no centro da cidade, mas a mais conhecida fica bem próximo daqui. A cidade mais germânica do Brasil, Pomerode. durante a quaresma eles montam uma linda e enorme Osterbaum, além de eventos para a criançada e a Ostermarkt que é a feira de artesanato. Se interessou? Dia 05 de março começa!! Eu quero ir!! 
Infos: (47) 3387- 2627 | imprensatur@pomerode.sc.gov.br. 

A páscoa tem seu vínculo religioso e aí me perguntei, será que tem data para montar a árvore de Páscoa, como no Natal? Pesquisei um pouco, mas não achei uma datas especificas, li que pode ser iniciada 2 semanas antes da Páscoa, mas não é regra.

Usando uma simples árvore pequena ou galhos, pendure um ovo para decorá-la junto com um versículo bíblico que tenha significado relacionado ao feriado. Faça isso diariamente até o dia da Páscoa.Aproveite e leia o versículo que está no ovo em voz alta para toda a família. 

Inspire-se:











Em breve eu mostro como ficou minha decoração ;) 

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Frozen e Rapunzel?!

Já perdi as contas de quantas vezes as meninas assistiram "Frozen"!! Não somente, mas principalmente para as meninas o filme fez o maior sucesso.

Rolou alguns dias atras um "Easter Egg"no filme, pra quem não ouviu falar nessa expressão, significa "ovo de páscoa" algo escondido no filme, uma surpresa, o inesperado que alguns percebem, o que não foi meu caso, rs. A Aimêe descobriu depois que eu comentei, mesmo assim, assistimos juntas e ela viu antes que eu, hehe.

Quem aparece no filme Frozen?! A Rapunzel, olha só que legal. Bom, mas só vai encontrar quem viu enrolados, porque ela aparece com o novo visual ;) ( olha a dica). Outra curiosidade é que a Rapunzel é prima da Elsa e da Ana, a mãe delas são irmãs. Supostamente eles naufragaram quando foram ao casamento da Rapunzel com o José.

Essa Disney é mesmo fascinante hein!

Quem já sabia??

A cena é aos 16 minutos aproximadamente, quando o portão do castelo é aberto para o evento da coroação.

Ah, pra quem quiser me acompanhar pelo face, fiz uma página do blog A Mamãe tá na Internet. Todas convidadíssimas.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Volta às aulas

Volta ás aulas é sempre um motivo de alegria e também apreensão. Afinal é tudo novo de novo, professora nova, sala nova, assunto novo, fim de férias... 

O fator mais preocupante para nós pais talvez seja a adaptação de quem tá indo pela primeira vez, por isso uma dica importante é sempre passar confiança para a criança, mostrar que o ambiente escolar é muito bom pra ela e que você está feliz com isso, e que no horário marcado estará lá para buscá-la.

Antes mesmo de começar as aulas é importante um contato prévio com a professora do seu filho, conversar sobre questões básicas sobre comportamento, preferencias, expectativas. Assim como do lado da Instituição que deixará você a par dos projetos, de conhecer a professora pessoalmente e com isso ficará ainda mais confiante na sua decisão de deixar seu filho lá.  E se a primeira impressão é a que fica, foi tudo bem, conversei na sexta-feira antes de começar as aulas, adorei a professora, atenciosa e muito querida. Fiquei satisfeita.

Lista de material comprada, mochila pela décima vez organizada pela Aimêe, conferiu os cadernos, lápis e afins, e chegou o dia!!
Estava bem ansiosa e animada. Quem levou ela no colégio foi o pai. Eu queria ter ido, mas a Adele tava com sono, a Maitê também não quis ir, então fiquei. 

Voltou animada, cheia de coisas para contar. Agora começa :D



Seu filho vai para a escola, veja algumas dicas para facilitar a adaptação:

Sei que é difícil mas as despedidas devem ser firmes e rápidas: um beijo, um aceno, ou simplesmente um “até breve”, pois, dessa forma, a criança percebe que os pais confiam nos profissionais e na Escola. Com a continuidade da adaptação, é importante que a despedida aconteça de maneira natural e carinhosa (nunca saiam escondidos) para que a criança sinta-se segura no ambiente escolar.

Nos primeiros dias de aula, procure fazer com que a criança entre andando na escola, ao invés de trazê-la nos braços.   Isso ajuda na hora da separação.  

Procurem demonstrar para a criança que vocês gostariam que ela ficasse na escola e conhecesse seus novos amiguinhos, sua classe, os professores.

Tente não se atrasar (especialmente nos primeiros dias) no horário de buscar a criança. É importante cumprir os horários estipulados pela Escola.

Evite comentários sobre as dificuldades na adaptação (se ela existir) na frente da criança.

Algumas crianças poderão ficar bem nos primeiros dias (novidade da primeira semana, curiosidade inicial), mas depois é muito comum que as crianças apresentem dificuldades e resistência em permanecer na Escola. Isso é normal e esperado, pois elas começam a sentir a separação dos pais e as mudanças enfrentadas. O importante nesse momento é levá-la todos os dias à Escola, mesmo ela que permaneça por um curto período de tempo. Estabelecer uma nova rotina exige paciência e muita persistência. É muito importante não negociar a permanência da criança na Escola em troca de concessões, ou presentes.

É de suma importância que a família também se prepare para o período de adaptação. Preparar, organizar e garantir a tranquilidade e confiança necessária aos momentos que antecedem, até a chegada à Escola, contribui para que a criança adapte-se progressivamente ao novo ambiente e às novas experiências. Portanto, seja forte e decidido!

O essencial para cada criança não é necessariamente a quantidade de tempo que ela passa ao lado de seus familiares, e sim o amor, a dedicação e a responsabilidade de construir seu caráter, sua educação, seus valores e de forma segura e com qualidade.

Nesse período de adaptação, qualquer que seja o problema ou dúvida, procure a direção da Escola para que possamos esclarecê-la, uma vez que a atenção dos professores estará total e exclusivamente voltada às crianças.

É previsível e normal a dificuldade de adaptação, o choro, etc. Mas não mediremos esforços para assegurar o apoio e o carinho necessário para que seu filho supere com naturalidade esse momento.


Fonte: http://www.escolaprimeiraopcao.com.br/dicas/27/adaptacao-escolar


sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Florianópolis com as crianças

Já estamos findando janeiro, mas ainda consegui postar no primeiro mês do ano, então Feliz 2015 pra todos nós, que apesar de tudo indicar (nosso cenário político, sócio-econômico e ambiental)  que será um ano "difícil" porém eu acredito que vamos superar os obstáculos e que vamos ter muitas histórias pra contar.

Nossas férias foram rápidas mas muito gostosa, ficamos aqui pelo sul mesmo, curtindo a praia. Como somos em 5 resolvemos não nos aventurar e ficar numa praia calma e tranquila, sendo que na alta temporada isso é quase impossível, mas não é que deu certo?! Saímos uma semana depois do ano novo e a foi melhor coisa, apesar do movimento nas estradas, fomos e voltamos bem. Praticamente fizemos uma mini mudança: foi carrinho da Adele, banheira com suporte, cadeirinha (portátil) de alimentação, malas, malinhas, brinquedos, tudo organizado milimetricamente pelo marido no porta malas do carro!

A praia escolhida foi a praia dos Ingleses em Florianópolis, conhecida como ilha da magia, Floripa fica a 2h daqui. Pra quem conhece a praia dos ingleses, fugimos do "centrinho" e ficamos mais no fim da praia, em um apart de frente pro mar. A vista é maravilhosa, sol direto, piscina, praia, peixe, camarão e cerveja (gelada) sem álcool que já acostumei :D
As meninas adoraram, eu consegui sair um pouco da rotina e o marido também. O apart era bem limpo,organizado, a piscina muito boa,  café da manha é ótimo, a localização excelente. A praia é calma e tranquila, porém a extensão de areia é pequena, mas vale a pena. Como é um apart, tem somente o café da manhã, as demais refeições é por conta, então recomendo o restaurante "Dunas" que fica bem próximo do Apart, eles entregam no seu apartamento, foi rápido, o peixe e camarão bem fresco e delicioso, com preço justo. Se gostou pode pesquisar mais aqui.

Quando estávamos na praia teve visita de "água-viva" no mar o que ficamos com receio de entrar na água. As águas vivas quando em contato com a pele queima e uma dica que o pessoal do hotel deu pra quem foi queimado por água viva é passar vinagre. O vinagre não deixa se alastrar pelo corpo, aliviando a dor, mas dependendo do tipo de queimadura o ideal é ir ao pronto socorro mais próximo.

As meninas aproveitaram o mar, mas a maior parte do tempo curtimos a piscina mesmo. Aproveitamos a ida até a ilha da magia, fomos visitar o projeto Tamar. O projeto Tamar fica uns 20 minutos do Apart. Lá tem os tanques onde podemos observar as tartarugas de várias espécies, tem um guia e filme explicando sobre o projeto todos com horário especifico, melhor se programar e verificar os horários.
Tem uma loja de souvenir com diversas opções, precinho salgado.
Mas nem tudo é perfeito... tem  que melhorar na estrutura e a limpeza ao redor do local, infelizmente o cheiro de lixo em determinados pontos do estacionamento era insuportável. Ainda assim é um passeio que consideramos cultural pras meninas e o mais importante que a Aimêe e a Maitê gostaram.

Ingresso
Inteira - R$ 12,00
Meia entrada - R$ 6,00 (Estudantes, crianças até 12 anos e pessoas acima de 60 anos)
Cortesia - Crianças até 1,20 m
Para escolas e grupos particulares o valor é diferenciado em função do atendimento especial. Consulte-nos no momento do agendamento da visita.
Saiba mais sobre o projeto no clicando aqui.

Então vamos ao que interessa, fotos!

Oh vidão né Adele!


Na sacada curtindo a vista maravilhosa do mar!


Praia sem castelo não pode!

Projeto Tamar - Floripa


 Curtindo né Maitê!

Aimêe surfando!

Olha a vista!

Amo camarão!



O ano começou com tudo mesmo, tive boas notícias mas também notícias tristes, a vida é assim, feita de pessoas e sentimentos e não somente de coisas, não é!?

Sendo assim,  desejo um ano com muitas alegrias, desafios, metas e que sejamos felizes com as pessoas que nos querem bem! vqv